lmsuplementosestetica@gmail.com
962 876 711 / 926 669 319

Titulo

conteudo
29
Jul

Intolerância à Lactose e ao Glúten

O que é a lactose? Quais são os sintomas de intolerância à lactose?

A intolerância à lactose significa que o corpo tem muita dificuldade ou não consegue mesmo digerir um tipo de açúcar natural composto do leite e seus derivados. Esta situação ocorre quando o intestino delgado não consegue produzir suficiente láctase, uma enzima que o corpo necessita para absorver a lactose.

Sempre que a lactose passa pelo cólon sem ser devidamente digerida, causa sintomas muito incómodos, tais como gases, flatulência e dores no abdômen. Certas pessoas não conseguem consumir lacticínios por intolerância à lactose. Outros conseguem ainda assim consumir alguns sem ter problemas, desde que seja em pouca quantidade.

A intolerância à lactose geralmente ocorre em adultos, mas os sintomas podem manifestar-se logo na adolescência. As pessoas que têm intolerância à lactose necessitam de aprender a repor o cálcio, que geralmente é obtido dos lacticínios. Por vezes o intestino delgado não produz a enzima da lactase por cause de um breve período de doença, ou caso uma parte do intestino tenha sido removida derivado a uma operação, e após isso o corpo deixa de produzir a lactase. Este tipo de problemas pode ser permanente ou temporário.

É bastante incomum encontrar casos de bebés recém-nascidos que tenham intolerância à lactose. Quando isto acontece, costuma afetar bebés prematuros que ainda não conseguem produzir essa enzima. Geralmente o sistema dos bebés acaba por superar este problema.

Dependendo do nível de lactose que o corpo consegue produzir, os sintomas podem variar de intensidade, mas costumam manifestar-se entre 30 minutos a 2 horas após o consumo de lacticínios.

–       barriga inchada

–       dores abdominais ou cólicas

–       estômago “com barulhos”

–       produção de gases

–       diarreia ou fezes moles

–       vómitos

INTOLERÂNCIA AO GLÚTEN

Já pensou porque se sente inchado depois das refeições? Sabe se tem intolerância ao Glúten e consegue reconhecer os seus sintomas?

Nos casos de intolerância ao glúten ou doença celíaca, o corpo apresenta uma reação adversa ao glúten. O problema é causado pela gliadina, um componente presente na proteína do glúten, um composto do trigo, cevada, centeio e muitas vezes também na aveia. Geralmente este problema manifesta-se logo na infância, com sintomas tais como a diarréia crónica, perda de peso, fadiga e inchaço.

Sempre que uma pessoa que sofre deste problema consome alimentos com glúten, o intestino delgado fica inflamado. Como resultado, os nutrientes não são adequadamente absorvidos e continuam assim pelo sistema digestivo. Isto significa que chegam ao cólon líquidos a mais e alimentos não completamente digeridos, que também já não são absorvidos pelo sistema, daí as fezes permanecem líquidas e o corpo fica com falta de nutrientes. Infelizmente, não existe cura para a intolerância e má absorção do glúten e o único tratamento é evitar por completo alimentos que contenham glúten.

Quando isso é seguido à risca com uma dieta sem glúten, a inflamação gastrointestinal desaparece e também a falta de nutrientes. As pessoas que são intolerantes ao glúten devem aprender exatamente que tipo de alimentos contêm glúten.

Também devem ser evitados outros alimentos que contêm glúten, tais como trigo, centeio, farelo, cevada e bolos, massas, bolachas e outras refeições prontas. A cerveja e outras bebidas constituídas à base de cereais também devem ser evitadas, assim como, infelizmente, a aveia. Deve prestar atenção aos alimentos processados, tais como enlatados, molhos para saladas, gelado, chocolate, café instantâneo, ketchup, mostarda, charcutaria, etc.

A intolerância ao glúten que não seja devidamente tratada, geralmente está associada à intolerância à lactose, por isso deverá também ter cuidado com o consumo de lacticínios.

Alguns dos alimentos que se podem consumir nesses casos é o milho, sorgo, arroz, arroz selvagem, amaranto, quinoa e trigo-sarraceno. Outros, como batata, banana e mandioca são ricos em hidratos de carbono e podem ser consumidos sem problema.

Quem for intolerante ao glúten, recomenda-se que tome vitaminas e outros suplementos minerais para ter uma dieta completa.