lmsuplementosestetica@gmail.com
962 876 711 / 926 669 319

Titulo

conteudo
05
Jul

O Papel das vitaminas quando se quer perder peso

Quais as vitaminas mais importantes para reforçar durante uma fase de dieta?

Devemos ter atenção e tomar um reforço vitamínico não só quando queremos manter a boa saúde ou prevenir a fadiga típica da primavera, uma vez que as vitaminas são consideradas elementos catalisadores do corpo humano. O corpo ou queima ou guarda nutrientes, e isso é regulado por processos complexos bioquímicos que são ativados pelas enzimas. As vitaminas e minerais são responsáveis por regular o funcionamento dessas enzimas. Se a sua dieta for pobre em vitaminas, o corpo irá tentar repor as calorias “vazias”, e o resultado é que irá comer demais.

Quais as vitaminas mais importantes para reforçar durante uma fase de dieta?

Vitaminas B

Estas devem ser reforçadas uma vez que têm uma função importante não só na decomposição das proteínas, gorduras e hidratos de carbono, mas também na manutenção do sistema nervoso, assim como dos olhos e pele saudáveis.

As fontes mais convenientes de vitamina B são a carne, ovos, cereais integrais e leguminosas.

Vitamina C

Esta é uma das vitaminas mais importantes que é necessária não só pelas suas características antioxidantes, mas também pelo bom funcionamento do sistema imunológico. É bastante importante tomar vitamina C durante a fase de dieta, uma vez que geralmente começamos a fazer dieta no início da primavera ou no final do inverno, para ficarmos bonitas para o verão, e por esta altura as reservas vitamínicas do corpo estão diminuídas, uma vez que é difícil conseguir obter frutas e legumes, que sejam ricos em vitaminas. A couve ácida pode ser uma boa opção, uma vez que é rica em vitamina C, mas um bom sumo de frutas, legumes ou de rosa mosqueta feito na hora, também são uma boa fonte.

Não nos podemos esquecer que a falta de vitaminas causa fadiga, o que pode ser prejudicial quando estamos a fazer dieta. Quando estamos cansados, também sentimos mais vontade de comer coisas doces ou hidratos de carbono refinados. Quando cedemos à tentação, começamos a comer coisas doces e isso torna-se um ciclo vicioso em que queremos mais e mais doces.

 

Vitamina D

Hoje em dia, existem muitos estudos sobre a vitamina D. Infelizmente, as pessoas que vivem nos países mais a norte têm deficiência de vitamina D, especialmente durante o inverno. A vitamina D é um tipo de hormona precursora que é formulada na pele, quando há exposição dos raios solares ou quando é tomada com os alimentos.

Esta é muito importante para o funcionamento do sistema imunológico e o equilíbrio do cálcio, o qual contribui para a renovação e manutenção dos ossos.

Os estudos mostram também que o risco de diabetes tipo 2 e obesidade aumenta com a deficiência de vitamina D. No caso dos diabetes tipo 2, o reforço de vitamina D melhora o funcionamento da produção das células beta produtora de insulina.

Os seguintes alimentos são fontes excelentes de vitamina D: fígado, gema de ovos, peixe marinho e queijo.

Vitamina A

A vitamina A é catalisadora de muitos processos metabólicos, mas é também importante para os olhos e sistema imunológico. Esta é essencial para se ter uma pele firme, uma vez que queremos não só ser magras, mas também lindas.

Pode-se obter vitamina A de carnes, fígado, manteiga e queijo e a sua pré-vitamina, betacaroteno, encontra-se em abundância na aboborinha, alperce e cenoura.

Embora não seja uma vitamina, não nos devemos esquecer de tomar crómio, uma vez que este elemento desempenha um papel importante no metabolismo dos hidratos de carbono e açúcares, uma vez que equilibra os níveis de açúcar no sangue e estabiliza os níveis de energia. Além disso, este reforça a integração de certos aminoácidos (tais como a metionina, glicina e serina). Este encontra-se presente nos cereais integrais, leguminosas, fígado e espinafre.

É fundamental consumir todo o tipo de nutrientes durante uma fase de dieta, porque senão poderá causar um desequilíbrio no corpo e acabar por perder não só alguns quilos, mas também a sua saúde. É também importante saber quando deve comer para atingir os seus objetivos, sem ainda assim, não causar transtornos no seu metabolismo.